Disciplina Curricular

Tecnologias de Middleware TMid

Curso de Especialização em Informática - 11_Plano actual

Contextos

Grupo: 11_Plano actual > Especialização > Optativas > 833_Curso de Especialização em Informática

Período:

Grupo: 11_Plano actual > Especialização > Optativas > 831_Curso de Especialização em Informática - OSC

Período:

Peso

6.0 (para cálculo da média)

Objectivos

O Middleware é a designação genérica utilizada para referir os sistemas de software que se executam entre as aplicações e os sistemas operativos. O objetivo do Middleware é facilitar o desenvolvimento de aplicações, tipicamente aplicações distribuídas, assim como facilitar a integração de sistemas legados ou desenvolvidos de forma não integrada com os sistemas que serve. A unidade curricular apresenta diferentes aproximações ao middleware distribuído, cujo objetivo varia da simplificação da comunicação em muito grande escala (milhões de participantes) à pequena escala. Para cada aproximação, são discutidos algoritmos, protocolos e plataformas que a concretizam. A discussão foca-se nos problemas colocados pela distribuição das aplicações, abordando-se diferentes combinações na relação entre escalabilidade e fiabilidade abraçando dessa forma tecnologias como os web services, sincronia virtual, redes entre pares e publish/subscribe. Para cada uma destas alternativas são ainda estudadas soluções para diferentes suportes de rede, incluindo redes fixas e móveis, com e sem suporte de uma infraestrutura.

Programa

São abordadas as seguintes tecnologias de middleware: - Redes entre-pares estruturadas e não estruturadas - Espaços de tuplos - Disseminação epidémica de dados - Modelo editor/subscritor - Sincronia virtual e coerência forte - Invocação remota - Computação em nuvem

Métodos de ensino e avaliação

A componente teórica tem um peso de 65% na classificação final, e será determinada por um exame final ou por dois testes. A componente prática tem um peso de 35% na classificação final, obtida pela mais vantajosa de duas alternativas: ponderação de 80% da classificação no trabalho prático e 20% da classificação mais elevada na apresentação de artigos científicos ou 100% da classificação do trabalho prático. Para obter aprovação, em cada uma das componentes teóricas e práticas, o aluno não pode ter uma classificação inferior a 8 valores. Em qualquer elemento de avaliação (exame, testes, trabalho prático e apresentações) entregue pelo aluno, a classificação não pode ser inferior a 5 valores.

Disciplinas Execução

2019/2020 - 1 Semestre

2018/2019 - 1 Semestre

2017/2018 - 1 Semestre

2016/2017 - 1 Semestre