2017/2018

Objetivos

Dar aos alunos formação de nível avançado nas áreas da Estatística e Investigação Operacional, através do aprofundamento de conhecimentos de natureza fundamental com técnicas de aplicação, na perspectiva da aplicação a diferentes situações e da ligação a outras áreas científicas e tecnológicas.

Proporcionar uma visão abrangente da Estatística e da Investigação Operacional, na confluência de diversas disciplinas de análise e resolução de problemas, reforçando os aspectos de modelação e representação, e de programação em computador.

Dar ênfase ao estudo de modelos estocásticos dinâmicos e acentuar a dualidade e complementaridade das abordagens analítica e numérica. Introduzir alguns modelos e técnicas de planeamento e análise.

Apresentar princípios e métodos básicos relevantes para a decisão económica e a monitorização ou controle de processos - em especial, regras de decisão optimal baseadas em previsões para resolução de problemas.

Competências: Análise, modelação e resolução de problemas estratégicos ou operacionais, em contextos variados e multidisciplinares. Quantificação da incerteza, avaliação de riscos face às decisões possíveis e otimização de regras de decisão através de metodologias e técnicas estatísticas e/ou de investigação operacional, incluindo a análise correta de todas as implicações da informação gerada.

Áreas de Especialização:

. Estatística;
. Estatística e Investigação Operacional;
. Investigação Operacional.

Saídas Profissionais

Empresas do sector da banca e seguros, consultoria, transporte, planeamento e outras que visem a análise de dados e acontecimentos, para caracterizar fenómenos ou apoiar decisões | Instituições hospitalares | Instituições públicas.

Propinas

Consultar valores aqui.

Coordenadores

Maria Eugénia Vasconcelos Captivo
mecaptivo@fc.ul.pt