Disciplina Curricular

Identificação, Diferenciação e Diagnóstico em Microbiologia IDDM

Mestrado Bolonha em Microbiologia Aplicada - 1_MMA 2017/18

Contextos

Grupo: 1_MMA 2017/18 > 2º Ciclo > Parte Escolar

Período:

Peso

4.0 (para cálculo da média)

Objectivos

Pretende-se que os alunos adquiram conhecimentos relacionados com o fundamento teórico e prático de metodologias e abordagens de análise de diferentes grupos de microrganismos presentes em diversos tipos de amostras, tanto numa perspetiva de análise da diversidade como do ponto de vista de aplicação prática em diferentes áreas tal como a clínica, alimentar e ambiental. São apresentadas as principais metodologias para análise de caracteres fenotípicos e moleculares, discutida a reprodutibilidade e fiabilidade dos diferentes tipos de dados, as vantagens/desvantagens e critérios de validação dos sistemas de identificação, diferenciação ou diagnóstico obtidos. São analisadas as diferentes abordagens metodológicas da taxonomia numérica e discutidas as suas aplicabilidades como ferramentas de análise de dados na abordagem polifásica para identificação/diferenciação de estirpes.

Programa

Conceitos básicos de Sistemática, Taxonomia, Classificação, Nomenclatura, Identificação, Diagnóstico, Tipificação e Diferenciação. Sistemas de classificação. A importância da nomenclatura. As diferentes abordagens metodológicas da taxonomia numérica. Seleção de estirpes e principais tipos de caracteres utilizados. Reprodutibilidade e padronização de testes. Métodos de avaliação da proximidade e de agrupamento e ordenação. Fluxo experimental e analítico, reprodutibilidade e fiabilidade dos estudos quimiotaxonómicos. Análise de perfis de ácidos gordos e de proteínas. Teor molar de G+C e dimensão genómica. Homologias DNA-DNA e DNA-rRNA. Os métodos de diagnóstico aplicados a amostras clínicas, alimentares e ambientais. Validação de métodos de diagnóstico molecular. O conceito de diferenciação/tipificação e de fingerprinting. Caracteres diagnosticantes e marcadores fenéticos. Critérios para avaliação de sistemas de diferenciação. A abordagem polifásica na diferenciação de estirpes.

Métodos de ensino e avaliação

Aulas teóricas de tipo expositivo integradas com apresentação e discussão de resultados publicados recentemente. Disponibilização antecipada do material de apoio (programa temático e analítico, slides das aulas em suporte informático, pdfs de artigos disponíveis, etc).O estudante pode optar por um de dois modelos de avaliação:1 - Exame final escrito a realizar na época de exames. Duas datas de exame de acordo com as normas da FCUL.2 – Realização de duas frequências – teste escrito – a realizar nas datas indicadas no início do semestre. Os estudantes que optarem pelo sistema de frequências apenas poderão apresentar-se à 2ª data de exame, para efeitos de recurso ou melhoria.

Disciplinas Execução

2022/2023 - 2 Semestre

2021/2022 - 2 Semestre

2020/2021 - 2º semestre

2019/2020 - 2 Semestre

2018/2019 - 2 Semestre

2017/2018 - 2 Semestre