Informações Adicionais

1 Março 2017, 14:51 Octávio Pinto


Contexto Histórico

A formação na área da Informática na FCUL tem cerca de 30 anos, tendo-se iniciado no princípio da década de 80 com a Licenciatura em Computação. Em 1988 passou a ser oferecida a Licenciatura em Informática e em 2005/2006 depois de várias reestruturações e atualizações do curso, passou a designar-se por Licenciatura em Engenharia Informática (LEI). Em 2007 a Ordem dos Engenheiros acreditou o conjunto de cinco anos de formação – Licenciatura mais Mestrado em Engenharia Informática (LEI+MEI) – concedendo aos seus graduados acesso ao título de Engenheiro Informático. Em 2014 a LEI foi sujeita a uma reestruturação do seu plano curricular tendo sido acreditada pelo período máximo (5 anos) pela A3ES, a agência de acreditação nacional do ensino superior.


Depois de Terminar o Curso

Os licenciados em Engenharia Informática pela Faculdade de Ciências têm tido desde há muitos anos uma excelente aceitação no mercado de trabalho, estando colocados em muitas das maiores empresas nacionais, nomeadamente: Empresas de desenvolvimento de software; Empresas de consultoria; Empresas do sector financeiro, telecomunicações e de serviços; Instituições de ensino superior e de investigação; e Instituições públicas. Existem ainda alguns licenciados nas maiores empresas internacionais como a Google, Facebook, Twitter, Booking, Spotify, etc. Os licenciados em Engenharia Informática, tipicamente desenvolvem atividades como programadores de aplicações, administradores de sistemas informáticos ou gestores de projetos informáticos.


De acordo com os números mais recentes, fornecidos por entidades independentes, os alunos formados em Engenharia Informática no DI-FCUL têm níveis de empregabilidade próximos dos 100%, chegando ao emprego pleno em alguns anos. Prevê-se que no futuro esta taxa se mantenha, pois de acordo com a Comissão Europeia, até 2020 serão precisos 15 mil informáticos só em Portugal, e em toda a Europa deverão existir mais de 900 mil ofertas de emprego na área das tecnologias de informação.


No final da LEI poderás especializar-te fazendo um dos mestrados oferecidos pelo DI-FCUL. A conclusão da LEI e do Mestrado em Engenharia Informática (MEI) dá-te não só uma formação complementar que te permitirá enriquecer os teus conhecimentos e evoluir mais facilmente na tua carreira profissional, como acesso ao título de Engenheiro Informático, a ser concedido pela Ordem dos Engenheiros.


Perguntas Frequentes

Tenho medo de não gostar do curso.
Num inquérito realizado pela faculdade a cerca de 500 alunos da LEI, os resultados mostram que 87,3% dos alunos da LEI estão satisfeitos com o curso e que 80% voltariam a escolher a LEI na FCUL de novo, se se candidatassem agora.


Normalmente o ambiente no ensino superior é muito “agreste”. Como é na LEI e na FCUL?
Ainda com base no inquérito anterior, 91% dos alunos da LEI estão satisfeitos ou muito satisfeitos com o ambiente entre alunos e 90% estão satisfeitos ou muito satisfeitos com o ambiente entre alunos e professores. Ou seja, se escolheres a LEI na FCUL podes ter 90% de certeza que ficarás satisfeito ou muito satisfeito com o curso, a faculdade e o ambiente que se vive nesta.

 
Eu gosto de seguir aquela máxima de “mente sã em corpo são”. A faculdade tem instalações desportivas?
A FCUL está a cinco minutos do Estado Universitário, onde podes encontrar piscinas, pistas de atletismo, ginásio, campos de ténis, pavilhões polidesportivos, etc.

 
Se eu for um bom aluno a FCUL reconhece isso?
Sim. A FCUL tem uma política de premiar a excelência. Para isso, atribui diplomas de mérito académico aos melhores alunos das Licenciaturas, Mestrados Integrados e Mestrados. De entre estes, os melhores recebem ainda prémios de mérito académico, cujo valor é igual ao valor da propina. Adicionalmente, o Departamento de Informática atribui o “Prémio Maxdata Excelência em Informática”, que premeia os melhores alunos de cada ano dos cursos de Licenciatura em Engenharia Informática e Licenciatura em Tecnologias de Informação.

 
Existe alguma comissão ou núcleo de alunos que me possa dar informações sobre o curso?
Sim, existe a Comissão de Alunos do Departamento de Informática (CADI) que tem uma página no Facebook (https://www.facebook.com/cadifcul/ ) onde podes esclarecer as tuas dúvidas.

 
Onde posso ver as atividades que se vão fazendo relacionadas com a LEI? 
Podes ver no Facebook da CADI (https://www.facebook.com/cadifcul/ ) e no Facebook do Departamento de Informática (https://www.facebook.com/DIFCUL/ ). Lá encontras as principais atividades realizadas quer pelos alunos quer pelo departamento.


Departamento Responsável

Departamento de Informática

Acreditação e Registo

N.º do ProcessoDecisãoN.º de Anos de AcreditaçãoData da Decisão 
ACEF/1213/17572Acreditado622/04/2014
ACEF/1819/0217572Em análise  

Registo inicial:
R/A-Ef 1880/2011 de 18-03-2011
Registos de alteração: R/A-Ef 1880/2011/AL01 de 21-01-2015 | R/A-Ef 1880/2011/AL02 de 12-08-2016


Publicação em Diário da República

Alteração (estrutura curricular e plano de estudos) - Despacho n.º 11628/2016

Alteração (estrutura curricular e plano de estudos) - Despacho n.º 1526/2015 

Adequação - Deliberação n.º 985/2009 

Contactos

E-mail

secretariadi@ciencias.ulisboa.pt

Telefone

217 500 087